Academia de Alta Performance Profissional
"Lapidar Talentos é nosso compromisso"

Posicionamento – O que está acontecendo no mundo e que já está impactando a minha carreira profissional

A pressão econômica, decorrente das mais diversas origens, está sempre gerando mudanças e levando as empresas a buscarem novos modelos de negócio e novas formas de menor custo, e menor risco, na contratação de bens e de serviços.

Observa-se hoje uma grande tendência de as empresas migrarem seus modelos de contratação de profissionais para um novo tipo de relacionamento.

Primeiro foi a adoção da remuneração dento do sistema “PJ”, onde o colaborador recebe seu salário através de uma nota fiscal, que “supostamente” é uma “EUPRESA” prestadora de serviços.

Ainda nesta modalidade, mudou apenas a forma de pagar, mas as relações de trabalho ainda ficam associadas as um determinado número de horas trabalhadas.

Depois foi a terceirização de atividades operacionais, para empresas especializadas em contratar e alocar profissionais de nível operacional.

Mas agora um novo movimento está em andamento. As empresas precisam reduzir seu custo fixo, e manter suas despesas sob um critério de flexibilidade e de agilidade de forma a poder reduzir rapidamente seus custos operacionais, nos momentos de crise, principalmente com relação aos custos fixos com folha de pagamento são muito altos.

Aliás, parece que as crises econômicas já estão fazendo parte do ”normal”.

Agora, com a pandemia colocando todo mundo no “home office”, descobriu-se que ela e viável e que esta modalidade reduz muito os custos e riscos operacionais.

Agora, com estas 2 variáveis na mesa, uma nova estratégia empresarial surge: a de remunerar os especialistas por tarefas, ou seja, não mais por horas trabalhadas, mas por entregas de qualidade produzidas no ambiente residencial.

Isto já é uma realidade em andamento em muitas empresas, e vai impactar e muito, muitas atividades profissionais e muitas carreiras.

O que preciso fazer, para me proteger dentro deste movimento?

Você precisa se tornar um “talento desejado”, para se manter útil, seja como empregado, ou seja, como um especialista prestador de serviços.

Agora sim é a hora de montar a “EMPRESA”, que poderá até vir a se tornar uma “EMPRESA”.

Você precisa de reconhecer as competências comportamentais mais desejadas pelo mercado, precisa se tornar um especialista em solucionar determinados tipos de problemas, precisa deixar o cabide e pilotar o seu negócio.

Sim, o seu negócio pode ser remunerado das mais diversas formas, mas será então o seu negócio a serviço e/ou colaborando com outros negócios.

Fica a dica. Sai da FÔRMA. Sai do cabide. Pilote a sua vida profissional na direção do sucesso que você merece, pois afinal, você é um “Talento” que precisa ser descoberto, ou seja precisa tirar o que o está encobrindo.

Quer conhecer como fazer esta virada?

A GOOD TALENTS pode ajudar você nesta empreitada.

Sucesso é o que lhe desejo, Sempre!!!

Inscreva-se no meu grupo no Telegram para receber conteúdos exclusivos

Rubens Borges
Rubens Borges

Empresário, Professor de Cursos de Pós-Graduação e MBA, Consultor e Coach Empresarial
Fundador da Íntegra Capacitação Empresarial

Compartilhe:

Você também pode se interessar por: