Logo Good Talents v3
ikigai-02

Good Talents

Academia de Alta Performance Profissional

"Lapidar Talentos é nosso Compromisso"

Logo Good Talents v3

Good Talents

Academia de Alta Performance Profissional

"Lapidar Talentos é nosso Compromisso"

ikigai-02

Posicionamento – Como me preparar para o trabalho remunerado sem vínculo empregatício

trabalho-sem-vinculo

Estamos frente a uma realidade. As relações entre as empresas e os seus colaboradores está mudando profunda e rapidamente.

Até as leis que balizam a contratação com vínculo empregatício estão sendo flexibilizadas.

Há um número grande de profissionais que estão sendo remunerados na condição de PJ, mas ainda com uma relação de comprometimento baseada em horas de trabalho alocadas, dentro dos mesmos parâmetros de quem tem carteira assinada.

Há 20 anos isto já acontece.

Agora, com a evolução dos modelos de gestão, levando as empresas a uma estrutura organizacional baseada em projetos, a alocação temporária de profissionais é uma tendência que está sendo potencializada pelo trabalho em home-office.

A possibilidade de você ser convidado a continuar trabalhando para a mesma empresa, mas como um prestador de serviços remunerado por entregas, dentro de projetos temporários é muito grande.

Independentemente de você trabalhar hoje ou não como um PJ, procure desenvolver uma estratégia para a sua carreira profissional que contemple a possibilidade de vir a trabalhar sem vínculo empregatício.

Montar uma estratégia onde você possa se reconhecer como conteúdo que pode dar formas diferentes a necessidades que se apresentem.
Uma estratégia na qual você construa uma autoridade e reconhecimento de suas competências, além do ambiente onde você hoje trabalha.

O LinkedIn é um excelente lugar para isto.

Com relação a sua dimensão financeira, estruture seu orçamento pessoal, de forma que você tenha uma visão que poderá ter que assumir custos com planos de saúde, de previdência.

Tenha em mente, que neste novo modelo, você não terá mais férias remuneradas e salários complementares (13º, 14º, etc).

Você então terá uma visão de quanto precisa para manter sua sobrevivência, e de quanto precisa no mínimo de receber como salário hora.

Lembre-se de que haverão horas durante o mês que poderão não estar sendo remuneradas.

Finalmente, avalie a sua condição atual quanto as suas competências, senioridade, o quanto elas valem e quanto seria uma remuneração justa pelo seu trabalho.

Procure também conhecer, qual é o custo para abertura de uma MEI, e qual é o custo mensal de uma MEI com base em impostos, remuneração de contador, etc…

Insira isto no seu orçamento mensal.

Deixe uma reserva financeira para atender tanto a constituição da MEI, com também para suportar uma fazer de transição entre um modelo de remuneração e outro.

Além do plano acima sugerido, comece a se inteirar do que é o Marketing Digital, e de como você poderia oferecer seus serviços pela Internet.

Isto pode abrir muito o leque de possibilidades profissionais para você.

É isto. Reconheça as tendências, e não se deixe surpreender por algo que é certo, mas que ainda não tem prazo definido para acontecer.

Sucesso é o que lhe desejo, Sempre!

Inscreva-se no meu grupo no Telegram para receber conteúdos exclusivos

Rubens Borges
Rubens Borges

Empresário, Professor de Cursos de Pós-Graduação e MBA, Consultor e Coach Empresarial
Fundador da Íntegra Capacitação Empresarial

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Você também pode se interessar por: