Academia de Alta Performance Profissional
"Lapidar Talentos é nosso compromisso"

O desenvolvedor de TI que foi embora, e largou o café pela metade.

Este caso é real.

Um amigo que é sócio-proprietário em uma empresa de TI, me contou que na sua empresa aconteceu algo inusitado.
Um desenvolvedor, recebeu um convite para ir trabalhar em outra empresa, levantou-se, deixou o café pela metade, deu tchau e foi embora.

Certo é que ele não era um talento que se perdeu. Ele tem apenas 1,5 anos de experiência, e uma limitada responsabilidade, baixa capacidade de entrega e estava ali apenas para aprender um pouco e então pular para outra oportunidade no mercado. Não estava comprometido, nem engajado.

A dor maior que fica é que ele tinha plano de saúde, bônus trimestrais por metas alcançadas, participação em resultados anuais, dispensas para participação em eventos de seu interesse, capacitações internas, e tudo isto não foi o suficiente para que ele reconhecesse o que a empresa lhe oferecia.

Fatos como este já devem ter acontecido em sua empresa.

Como resolver a questão de atrair talentos, desenvolvê-los e mantê-los nas empresas de TI?

Quais são os elementos cruciais para o sucesso e progressão em uma carreira de TI?
Até quando o segmento de TI vai se manter como o campeão da rotatividade profissional?

O Grande Desafio:

O que você é? Um profissional de TI ou um Talento em TI?

O que você como Gestor de TI está buscando para compor sua equipe? Jovens recém-formados, Profissionais ou Talentos?

Você como Gestor de TI precisa formar “LÍDERES”.

Você como profissional de TI precisa se tornar um “LÍDER”.

Nas empresas de TI a maioria dos coordenadores são técnicos que não sabem fazer a gestão de talentos, ou seja, atrair, desenvolver e manter profissionais que possam ser chamados de talentos.

Além de funções técnicas operacionais, estes coordenadores têm o desafio de capacitar jovens que chegam mal qualificados, e transformá-los em talentos e mantê-los dentro de suas empresas.

Como cumprir este desafio se eles não foram capacitados para isto.

Se você quer fazer carreira em TI, você precisa se tornar um LÍDER, Gestor de Talentos.

O sucesso de uma Empresa de TI depende da GESTÃO DE TALENTOS.
Aqui na ÍNTEGRA CAPACITAÇÃO EMPRESARIAL, nos especializamos neste tema. Formamos GESTORES DE TALENTOS EM TI.

Além da Capacitação Profissional individual, ajudamos as empresas de TI a implementar um PROGRAMA EFICAZ DE GESTÃO DE TALENTOS.

O que é o modelo 70-20-10? Como este modelo funciona?

Para que um profissional amplie seus conhecimentos, aumente a sua produtividade, é preciso combinar algumas estratégias de aprendizagem e de aplicabilidade no dia a dia.

Os professores Morgan McCall, Robert Eichinger e Michael Lombardo, do Center for Creative Leadership, na Carolina do Norte (EUA), desenvolveram o modelo de aprendizado e desenvolvimento conhecido como 70:20:10, o qual oferece uma abordagem mais ampla de aprendizado e desenvolvimento profissional, com foco na expansão da aprendizagem e desenvolvimento, oferecendo o potencial para um efeito maior e mais rápido.

Nós aqui na ÍNTEGRA CAPACITAÇÃO EMPRESARIAL orientamos nossos clientes na implementação desta metodologia.

70% de aprendizado através de experiências pessoais vivenciadas na prática.

Na aprendizagem on-the-job, de acordo com os autores, esse modelo indica que 70% do aprendizado do colaborador é proveniente das atividades do dia a dia.

Neste aspecto, a interação com a liderança eficaz em ocorrências de resolução de problemas baseadas nos conceitos de causa e efeito, resolução de conflitos, desenvolvimento de atitudes de autonomia e de responsabilidade, são excelentes oportunidades para o desenvolvimento do aprendizado, que vai além da informação dada em um treinamento e chega a incorporação do conhecimento pela sua prática.

Aqui se enquadra a Capacitação dos Líderes para que possam exercer funções de Mentoria, Coaching e desenvolvimento de autoconhecimento nos colaboradores.

Tudo isto contribui para melhorar o desempenho do profissional, visto que o Líder vai proporcionar o alinhamento de competências, avaliação dos pontos de melhoria, comunicação eficaz com as demais pessoas que compõem a empresa.

20% de aprendizado através da interação com os outros.

Através de atividades que incluem aprendizado social, orientação, aprendizado colaborativo (troca de experiências) e outros métodos de interação com colegas, 20% do aprendizado é conquistado.

Para promover estas possibilidades, o Líder também precisa estar capacitado para perceber as oportunidades de desenvolvimento destas atividades.

A ideia é que as pessoas possam levar para seu cotidiano o que aprenderam de maneira formal e provocar conversas onde o aprendizado possa ser ampliado e sustentado.

10% de educação através de treinamentos e/ou capacitações.

É o aprendizado conceitual, adquirido por meio de treinamentos, participação em congressos, seminários, workshops e cursos, leituras e certificações, tende a ser mais informativo do que formativo.

Aqui as capacitações em EAD fazem muito sentido.

A quebra de paradigmas

A estrutura 70-20-10 é importante no mundo da aprendizagem no local de trabalho.

Aqui existe um potencial inexplorado que pode melhorar de maneira significativa o desempenho da liderança e do time, que ajudam a melhorar o resultado organizacional como um todo.

Benefícios decorrentes

Nesse modelo, deve-se ter em mente que o aprendizado não segue um padrão engessado, mas sim deve reconhecer os perfis e características de cada colaborador, e que irá gerar os seguintes benefícios:

1 – Permite a eficácia do aprendizado.

Nós esquecemos da metade do que aprendemos muito rapidamente senão temos a oportunidade de colocar em prática. Vide a Curva esquecimento de Ebbinghaus.

A grande vantagem é que os profissionais, acabam criando soluções mais criativas para executar as suas atividades, indo além do que aprenderam tecnicamente em treinamentos e cursos.

2 - Ampliação do engajamento e da colaboração.

Esta abordagem, permite que todo o time se envolva, permitindo um processo de mentoria onde os mais experientes colaboram com os menos experientes.

Isto leva a sensação de pertencimento, de equipe o que também propicia a retenção de talentos.

Ao fazer isso, aumenta as chances se sentirem cada vez mais valorizados e, com isso, passam também a se entregar mais às demandas, dando o melhor de si ao executá-las.

3 - Aumento da produtividade.

Ao incorporar mais mentoria e coaching no local de trabalho, é mais fácil fazer as coisas mais rapidamente, tendo todo o conhecimento necessário dentro da organização.

A partir do momento em que o colaborador percebe que está verdadeiramente colocando em prática todo o aprendizado obtido em seu dia a dia de trabalho, a sua produtividade aumenta de forma significativa.

Conclusão

Para elevar e manter a utilidade de uma empresa de TI, a capacitação dos colaboradores “on the job” é imprescindível.

Treinar de forma coletiva não é mais o suficiente.

Para isto, o Líder deve ser capacitado para ser instrutor, coach, mentor e desenvolvedor de talentos tendo como foco o processo de aprendizado individual de cada colaborador.

Além disto, o modelo de aprendizagem 70-20-10 mostra que para chegar o mais perto possível desse objetivo é preciso também atenção processos de atração e de seleção de talentos.

Chega de apenas treinar, vamos aprender e capacitar na prática, “On the Job”.

Assim as empresas terão condições de ajustar diariamente as suas competências às necessidades evolutivas de seus clientes.

E então, de que lado você vai ficar?

Se você é um Empresário de TI ou Gestor em Empresa de TI, por quanto tempo vai vivenciar ainda situações como esta, de ver o colaborador ir embora e deixar o café pela metade?

Se você é um profissional de TI, vai ficar na mesma posição, dentro da FÔRMA e limitado ao conhecimento técnico?

Aqui na Íntegra Capacitação Empresarial, somos comprometidos e especializados em formar o “Líder Coach”, que tem máxima importância na aplicação da abordagem 70-20-10.

Venha nos conhecer.

Podemos ajudar a você a se tornar um talento diferenciado em TI!

Podemos ajudar a sua Empresa a qualificar Gestores de Talentos, que são hoje o ponto central do sucesso empresarial!

Inscreva-se no meu grupo no Telegram para receber conteúdos exclusivos

Rubens Borges
Rubens Borges

Empresário, Professor de Cursos de Pós-Graduação e MBA, Consultor e Coach Empresarial
Fundador da Íntegra Capacitação Empresarial

Compartilhe:

Você também pode se interessar por: