Academia de Alta Performance Profissional
"Lapidar Talentos é nosso compromisso"

Deixo a vida me levar, ou a vida levo eu?

Esta atitude de “deixar a vida me levar” é muito perigosa.

Ela não levará você a um estado de felicidade.

Esta frase é a materialização da ausência da responsabilidade total para com a própria vida.

Todos os que assumiram o controle da própria vida e a responsabilidade por se tornar úteis tiveram sucesso.

O fracasso inicia no ponto em que se instaura a irresponsabilidade. Parece até que qualquer resultado vai agradar ao irresponsável, mas as clínicas psicológicas e psiquiátricas estão cheias de irresponsáveis, que agora buscam a felicidade através de anestésicos para o sofrimento.

Aqui na Good Talents ajudamos as pessoas a encontrarem o seu “IKIGAI” e assim terem uma razão que o leve a comandar a sua vida.

A Atitude de “a vida levo eu” colocará você em uma condição de condutor da sua vida, que tem um objetivo a alcançar e, ao chegar lá, se plenificará.

Veja aqui um artigo que fala mais sobre isto.

https://goodtalents.com.br/proposito-o-que-isso-tem-a-ver-com-a-sua-vida-profissional/

Um abraço.

Inscreva-se no meu grupo no Telegram para receber conteúdos exclusivos

Rubens Borges
Rubens Borges

Empresário, Professor de Cursos de Pós-Graduação e MBA, Consultor e Coach Empresarial
Fundador da Íntegra Capacitação Empresarial

Compartilhe:

Você também pode se interessar por: