Academia de Alta Performance Profissional
"Lapidar Talentos é nosso compromisso"

A Guerra pelos Talentos é a tônica da atualidade

Veja aqui as 5 competências que transformarão você em um talento classe “A”.

Como você está dentro deste cenário da guerra pelos talentos? Sendo desejado pelo mercado, ou acuado por sentir a cada dia a diminuição da sua utilidade?

Estudos do Fórum Econômico Mundial estimam que até 65% das crianças que estão começando a escola hoje, depois de se formarem no ensino médio ou na faculdade, terão um emprego que ainda não existe.

Previsões mostram que muitos postos de trabalho serão substituídos pela hiper automação nos próximos anos, onde a inteligência artificial é o maior protagonista.

Em contrapartida, o Brasil sofrerá um déficit de 15,8 milhões de talentos até 2030.

Esse número foi recentemente divulgado em um estudo publicado pela consultoria Korn Ferry e mostra o desafio das empresas para os próximos anos.

O que caracteriza então um talento desejado, e que leva as empresas a uma verdadeira guerra para atraí-los e para mantê-los?

Como Especialista em Desenvolvimento Profissional, tenho ajudado a muitos profissionais a se tornarem “talentos desejados”.

Se você quer ter sucesso profissional, você precisa construir o sucesso, porque ele não acontece por acaso.

Se você quer ser um talento desejado, vai precisar de incorporar as seguintes competências essenciais como base para uma carreira de sucesso.

  • Autoconhecimento
  • Auto responsabilidade
  • Auto direcionamento
  • Atitude
  • Autonomia

Autoconhecimento

Quem não sabe realmente qual é o seu perfil, suas competências e talentos natos, não sabe do que pode, não reconhece seu potencial e fica perdido quando se trata de oferecer-se de forma útil para o mercado.

A felicidade total, ou seja o estado plenitude, só será alcançado quando aquilo que está dentro de você, e que é único, for acionado de forma útil, atendendo assim necessidades que se apresentem.

Auto responsabilidade

A responsabilidade é algo muito sutil e profundo a ser considerado quando se trata da carreira profissional.

O profissional que fica à mercê do empregador, e que se limita às oportunidades que a empresa oferece para o seu desenvolvimento profissional, é o que mais está ameaçado profissionalmente.

Seja responsável pelo seu desenvolvimento profissional, assumindo o comando de sua carreira. É você o responsável pelo seu sucesso. Se não fizer isto, ninguém mais o fará.

Auto direcionamento

Meu avô dizia, que quem não sabe para onde quer ir, qualquer ônibus serve.

Os conflitos que surgem quando se busca novas oportunidades para o desenvolvimento profissional são caracterizados por não haver uma definição clara de uma direção a seguir.

A grande maioria compara as oportunidades entre elas, e não fazem uma análise da oportunidade com o caminho que antes já tenha sido traçado.

Ter um propósito a ser conquistado, materializado e construído é um elemento muito forte para eliminar conflitos e riscos de se entrar em canaletas, de onde muitas vezes fica muito difícil de sair.

Atitude

Na minha percepção as pessoas estão ou do lado do problema, ou do lado da solução. Verifique isto com todos com quem você se relaciona.

Já foi o tempo em que o “mensageiro da desgraça”, ou seja, aquele que apenas relata o problema, tinha seu espaço nas empresas.

A evolução da atitude passa da eficiência para a eficácia, e por fim chega a efetividade.

O eficiente cumpre apenas o processo e relata os problemas, o eficaz resolve o problema buscando soluções, e o efetivo busca formas de eliminar os riscos que podem se tornar problemas.

Não temos mais espaço nas organizações para profissionais apenas eficientes.

Autonomia

Esta é uma competência extremamente desejada pelas empresas. Aqui está um aspecto que realmente diferencia um profissional.

As empresas precisam evoluir a sua utilidade junto ao mercado, e precisam de profissionais que criem novas soluções para velhas necessidades.

As empresas oferecem os recursos e esperam que os talentos criem as soluções, e que assumam a responsabilidade por oferecer a melhor experiência possível para seus clientes.

Ouso então a lhe dizer que um talento classe “A”, que é o desejo do mercado, tem “autoconhecimento”, “auto responsabilidade”, “auto direcionamento”, “atitude” e “autonomia”.

Como você está posicionado?

Escrevi este artigo, no intuito de dar a você uma oportunidade do exercício de mais um “A”: A Autoconsciência.

Mas, não é fácil conquistar esta condição sozinho. As crenças limitantes que temos e as âncoras psicológicas que construímos nos limitam em muito o desenvolvimento (tirar o que está envolvendo) de nossos talentos e de nossas competências.

Eu me preparei e me especializei em desenvolvimento profissional, para lhe oferecer mais um “A”, ou seja, para lhe “Ajudar” a se tornar um Talento Classe “A”.

Venha me conhecer, e agende uma seção gratuita, onde poderemos avaliar a sua condição atuar e elaborar uma estratégia para que você se torne um profissional desejado pelo mercado.

Veja aqui os horários disponíveis: https://calendly.com/rubensborges/

Sucesso é o que lhe desejo, sempre!

Inscreva-se no meu grupo no Telegram para receber conteúdos exclusivos

Rubens Borges
Rubens Borges

Empresário, Professor de Cursos de Pós-Graduação e MBA, Consultor e Coach Empresarial
Fundador da Íntegra Capacitação Empresarial

Compartilhe:

Você também pode se interessar por: